Facebook, dando um passeio pelo monstruoso Data Center

O servidor do Facebook está localizado em um data center na Califórnia em Santa Clara e tem milhares de máquinas só para processar aquele seu “bom dia” e “boa noite” no status do seu feed. Conheça mais esse monstrengo da gigante azul americana:

facebook-data-center(1)

Os servidores estão configurados para minimizar a energia necessária para deixar o data center rodando.

facebook-data-center (2)

Continue lendo

Como serão os aviões do futuro?

E o mundo da tecnologia sempre nos deixa surpresos! Já imaginou viajar de avião e aproveitar a paisagem ao mesmo tempo? Ia ser sensacional, segundo essa reportagem, os aviões em 2050 terão esse tipo de tecnologia, leia e veja algumas ilustrações de como seria:

“Num evento no Observatório Real de Greenwich, na Inglaterra, a Airbus apresentou, nesta semana, sua visão de como serão os aviões em 2050. Para isso, a fabricante europeia de aviões elaborou as ilustrações acima, mostrando uma cabine conceitual de aeronave. O projeto todo será exibido durante o Salão Aeronáutico de Paris, que acontece de 20 a 26 de junho.

avioes-futuro- (1)

No futuro vislumbrado pela Airbus, a primeira coisa que chama a atenção é o uso de materiais transparentes na fuselagem. Nesses aviões panorâmicos, observar as estrelas e a paisagem abaixo será muito mais fácil. 

Continue lendo

Aplicativo identifica o vinho pela foto do rótulo

iphone-vinho-aplicativoDepois de aplicativos que “adivinham” qual a música está tocando no ambiente para o iPhone, como o Shazam e o Soundhound lançaram agora um que faz isso só que com vinhos! O aplicativo tira uma foto do código de barras e busca na internet as informações sobre a bebida que você pediu em algum lugar ou está bebendo mas que não conhece.

Uma mão na roda para quem é leigo como eu nessa área. Geralmente isso acontece quando se pede um vinho diferente em um restaurante para experimentar e quando a gente gosta, acaba não tendo canais para pesquisar sobre e encontrar e onde comprar.

É o tipo de aplicativo que apesar de você acabar não usando com tanta frequência, merece ficar lá de stand-by esperando você precisar. (só não vai ficar muito bêbado porque foto torta o aplicativo não deve reconhecer, hein!)

“Um novo aplicativo permite que tomadores de vinho menos experientes obtenham mais informações sobre a bebida. De acordo com a agência de notícias Reuters, o app escaneia a garrafa de vinho e consegue identificar notas, pontuação e melhores harmonizações com pratos.

O aplicativo, chamado de Natalie MacLean Wine Picks & Pairing, é gratuito e funciona por meio de um banco de dados de uma loja no Canadá com mais de 150 mil vinhos. “Eu sei que é difícil escolher vinhos quando eu não gosto tanto e não tomo o tempo todo”, disse a premiada autora de livros sobre vinho à Reuters. “A escolha não é fácil e é o grande fator de intimidação do consumidor”, completou.

O novo recurso de identificação de vinhos, que verifica os códigos de barras, é o primeiro desse tipo e, a princípio, só está disponível para iPhones. Natalie espera criar uma versão para BlackBerry em breve.” (@Olhar Digital)

Ovi Store, Nokia abandona a marca

É, parece que a Nokia está passando por mudanças severas devido ao impacto de mercado com a concorrência do Android e do iOS, a empresa acabou de anunciar que irá abandonar o famoso serviço Ovi, que funcionava como a loja de aplicativos do sistema Symbiam, que também foi abandonado.

Mas calma, aparentemente a Nokia irá apenas alterar a marca e oferecer um serviço parecido, afinal, serial um tiro no pé desativar a loja de aplicativos, um dos fatores principais de concorrência do iOS da Apple e de crescimento no Android.

nokia-ovi-store

“A nova administração da Nokia vai desistir da marca de serviços Ovi em favor do nome da companhia em todas as suas ofertas, afirmou hoje a maior fabricante de celulares do mundo.

A Nokia lançou a marca em agosto de 2007 para serviços como mapas e músicas em um grande evento realizado em Londres, no momento em que a companhia dominava a indústria de telecomunicações móveis, com uma fatia de mercado de cerca de 40 por cento das vendas de celulares.

“Esta decisão desmantela a marca dedicada a serviços Ovi que foi um ponto central da estratégia da antiga administração da Nokia”, disse Ben Wood, diretor de pesquisa da consultoria britânica CCS Insight.

A marca Ovi, que significa “porta” em finlandês, foi a ponta de lança da corrida da Nokia em direção a serviços móveis, uma estratégia do ex-presidente-executivo, Olli-Pekka Kallasvuo.

A Nokia reduziu uma série de serviços Ovi no último ano e está concentrada principalmente em ofertas vinculadas à localização por satélite dos usuários. A companhia informou que vai começar a trocar a marca Ovi de seus serviços a partir de julho” (@Info)

Protótipo de PC tem o tamanho de um pendrive

Estava olhando na internet algumas notícias sobre tecnologia, e me deparei com esse micro computador, no real sentido da palavra. Os caras desenvolveram um computador, obviamente fraco ainda, usando componentes que depois de estar a um tempo na eletrônica, considero simples.

“Desenvolvedor de jogos britânico criou o projeto para difundir o uso da tecnologia em escolas, melhorando o aprendizado dos alunos. Dispositivo possui entrada USB e até saída HDMI.

micro-PC1

David Braben, um desenvolvedor de games do Reino Unido, criou um projeto para baratear o custo de computadores com a intenção de difundir o uso da tecnologia em escolas. O protótipo desenvolvido pelo entusiasta é tão pequeno que lembra as memórias Flash – um pendrive, por exemplo.

O dispositivo conta com dois conectores: de um lado uma saída HDMI e, na outra extremidade, uma porta USB. Essas tecnologias permitem que o equipamento seja conectado a monitores ou televisores, mouses e teclados. O preço calculado para este PC é US$ 25 – cerca de R$ 45, sem o cálculo de impostos.

O protótipo surgiu com o entendimento de Braben de que as escolas não oferecem o suporte tecnológico necessário para o melhor aprendizado das crianças. Segundo o desenvolvedor de jogos, ainda existem muitas instituições de ensino que não possuem computadores o suficiente para atender a demanda dos alunos.”

micro-PC2

Confira a configuração do protótipo:

Uma saída HDMI;

Uma porta USB;

Processador ARM11 de 700 MHz;

128 MB de memória RAM;

Sistema operacional Linux;

Reprodução de imagem em até 1080p;

Entrada para cartão de memória SD, o qual funciona como dispositivo de armazenamento.

@Tecmundo

Papel grafeno, mais forte que aço promete revolucionar indústria

papel-grafeno-açoChamado de papel grafeno, ele foi desenvolvido pelos cientistas da Universidade Tecnológica de Sidney, na Austrália. Esse papel na verdade é uma forma de carbono baseada em grafite e consegue ser 10 vezes mais resistente que o aço. Estão dizendo que ele pode revolucionar a indústria de automóveis, da aviação, automação, elétrica e ótica. Com o papel substituindo o aço, seria possível criar carros e aviões mais leves e que consomem menos combustível sem perder a segurança. Muito bacana, não?

“Os aparentes super poderes são originários do grafeno, o material mais fino e forte que se conhece, constituído de blocos de carbono com a espessura de apenas um átomo. Ele foi produzido pela primeira vez em 2004 e, no ano passado, ganhou o Prêmio Nobel de química. O carbono é o elemento que, conforme a combinação dos seus átomos, forma materiais tão distintos quanto o diamante e o grafite.

O papel grafeno (GP) criado pela equipe liderada pelo professor Guoxiu Wang é um material feito a partir do grafite moído, purificado e filtrado através de processos químicos até ter suas nano estruturas reconfiguradas e então processadas em forma de folhas finas.

Essas nanofolhas possuem propriedades térmicas, elétricas e mecânicas excepcionais, sendo muito resistentes e flexíveis. Por exemplo, se comparadas ao aço, elas são seis vezes mais leves, cinco a seis vezes menos densas, duas vezes mais duras, possuem 10 vezes mais resistência à tensão e 13 vezes maior rigidez à flexão.

Além disso, as GP são recicláveis e sua fabricação é bastante simples. Os pesquisadores acreditam que ela tem potencial de revolucionar as indústrias de automação, aviação, elétrica e ótica.” (@Info)